0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Tatyana

  • *
  • Administrador
  • Amante
  • *****
  • Sexy Book
  • Mensagens: 202
  • Sexo: Feminino
  • Sexy Book
    • SexyBook
Sessão BDSM
« em: Novembro 03, 2018, 14:51:16 »
O que é uma sessão BDSM?

Podemos definir uma sessão BDSM como um momento em que praticantes se reúnem para executar e/ou receber práticas que envolvem uma das formas de interação no BDSM - Bondage, Disciplina, Dominação e Submissão e SadoMasoquismo

- Pode ser um casal, que está em um relacionamento e executa práticas durante o sexo?
- Pode ser um grupo de amigos que decidiram fazer uma reunião informal pra experimentar práticas entre eles?
- Pode ser um Mestre e seu aprendiz aplicando didaticamente as práticas?
- Pode ser duas pessoas que ainda estão em fase de se conhecer?

Pode!!!

Não existe nenhuma regra litúrgica que defina que a sessão só pode acontecer entre pessoas que possuem relacionamento fixo. E a partir daqui podemos passar para a próxima questão.

Como acontece uma sessão?

Cada pessoa tem um universo diferente de preferências, e são elas que vão determinar o desenrolar de uma sessão. Vai depender de vários fatores pessoais e de como as pessoas estão emocionalmente e fisicamente pra esse momento. Muitas limitações podem acontecer também no decorrer da execução das práticas, e que podem mudar o rumo do que seria a preferência primária da pessoa.

Uma sessão entre amigos pode ter uma diversidade muito grande de práticas, pois vai envolver um conjunto bem maior de preferências do que uma sessão entre um casal por exemplo.

Cada pessoa vai ter uma forma de iniciar a sessão ou de colocar o parceiro na "vibe".
Não existe uma liturgia predefinida de como deve acontecer uma sessão ou algum ritual fixo, dependendo basicamente da vontade dos envolvidos e da reacção dos parceiros no momento.

Muitas pessoas já tem os seus próprios rituais e liturgias para esse momento e ensinam a seus parceiros como funciona para elas e quais são as suas preferências e liturgias.
Durante momentos de conversa (negociação) o parceiro vai dizer e/ou ensinar suas preferências.

Uma sessão implica que haja sempre sexo?

Essa é uma das questões mais discutidas, e novamente não há uma regra ou liturgia que defina que uma "verdadeira" sessão BDSM não deve ter sexo ou ser misturada com sexo. Aliás, em questão de verdadeiro ou falso, quase nada se aplica em questões de BDSM, sendo algo muito particular.

Para esclarecermos, defino aqui o sexo como sendo  "contacto íntimo estimulando a genital de pelo menos um dos parceiros", afinal para muitas pessoas o sexo abrange bem mais do que "penetração" e não necessariamente tem um pénis envolvido.
Incluir o factor sexo na sessão será muito definido pelo nível do relacionamento entre as pessoas e pela forma como a pessoa enxerga o momento sessão. Enquanto que, para alguns, o sexo é algo muito natural e aceitável dentro da sessão, para outros o sexo pode ser abominável e errado. Qual dos dois está errado? Nenhum!!! E ainda existem pessoas que tem o sexo como factor fundamental e que não desconectam a sessão de sexo, para elas é tudo muito naturalmente sexual,  e mais ainda, outras pessoas que não necessariamente incluem sexo nos planos da sessão, mas podem querer sexo no decorrer dela.

Muitas pessoas não atribuem ao BDSM teor sexual porque elas preferem não ter sexo durante as sessões, deixando pra um outro momento ou pra um outro parceiro, preferindo a sessão focada somente nas práticas.

É importante salientar que, deve ficar bem claro entre os parceiros se haverá sexo ou não durante a sessão, ou se a possibilidade de sexo existe caso a pessoa deseje, já que existem muitas pessoas que não desejam praticar sexo durante a sessão, sendo este até um factor impeditivo para sessão acontecer caso a pessoa tente "forçar". E também fique atento ao detalhe de que algumas pessoas não desassociam o momento da sessão de sexo, então para elas sexo é parte primordial, sendo parte importante e vital dela, mas de forma alguma o sexo deve ser usado como moeda de troca ou forma de chantagem para que uma pessoa "aguente" a sessão para no final obter sexo, fazendo com que o parceiro "ature" algo que não gosta, para ter algo que gosta no final.

Vou gostar de tudo numa sessão?

Não. Nem sempre.
Pode ser que ainda não tenha tido nenhuma experiência desagradável numa sessão porque sempre se relacionou com pessoas muito observadoras e que fizeram uma boa leitura das suas reacções, mas nem tudo sai "às mil maravilhas" sempre.
Pode haver aquele dia que não estava bem, ou que uma prática que sempre gostou não foi tão boa.
E é pensando que nem sempre conseguimos acertar em tudo que existem mecanismos de segurança em uma sessão.
São códigos usados para comunicação entre as pessoas envolvidas, sinalizando que algo pode não estar indo bem, ou que a pessoa não está se sentindo bem. Esses mecanismos de segurança são chamadas de Safeword(palavra de segurança) ou Safesign/Safegesture(gesto ou sinal de segurança).
Esses não são mecanismos de controle, sendo apenas uma forma eficiente de se comunicar e chamar a atenção para algo que pode não estar sendo observado naquele momento.

Safeword - Costuma ser uma palavra apenas, que geralmente não seria pronunciada no decorrer da sessão, o objetivo é "quebrar" o clima e chamar a atenção. A safeword não pode ser usada como humilhação ou como forma de ridicularizar o sub, a importância dela está no fato de que palavras como "socorro", "não", "pára", "chega" entre outras, podem ser elementos da própria sessão, fazendo parte do roleplay em alguns casos e não podem servir como mecanismo de parada, por não chamar a devida atenção. Por costume, convencionou-se usar amarelo e vermelho como palavras de segurança. A palavra amarelo significa desacelerar ou reduzir, sinaliza que está chegando próximo do limite de intensidade suportado, a palavra vermelho significa parar total, sinalizando que algo está errado ou que o limite foi ultrapassado.

Geralmente as pessoas quando começam a se relacionar escolhem sua próprias safewords, e muitas pessoas optam por ter apenas uma.

Safesign/Safegesture - Quando o sub fica incapacitado de falar, por estar amordaçado ou em ambiente com ruído ou situação similar, combina-se previamente um gesto ou sinal que irá substituir a safeword. Nesse caso o Dom deve estar muito atento para o caso de o sinal ser utilizado. O sinal pode ser um gesto com as mãos, com os pés, pode ser batidas no chão ou um chocalho na mão do sub.
Deixa de ser putanheiro e participa no fórum ,traz teus amigos (as).