0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Offline Tatyana

  • *
  • Administrador
  • Amante
  • *****
  • Sexy Book
  • Mensagens: 202
  • Sexo: Feminino
  • Sexy Book
    • SexyBook
Numa população de mulheres cada vez com mais idade, não é fácil determinar a efetiva repercussão dos fibromiomas na reprodução, visto que com os anos a fertilidade diminui e a probabilidade de desenvolvimento de miomas uterinos aumenta



Com o adiamento cada vez mais habitual da idade de concepção, é indiscutível a relevância que esta patologia tem numa consulta de ginecologia / infertilidade. Existem várias razões pelos quais os fibromiomas podem afetar a fertilidade:

– Modificação da contractilidade uterina com intromissão na motilidade dos embriões e gâmetas (espermatozóides e ovócitos).

– Interferência no endométrio, com deformação da cavidade uterina, compromisso da vascularização e libertação de substâncias inflamatórias, interferindo todos estes elementos com a progressão dos espermatozóides e a implantação dos embriões.

– Perturbação da anatomia com distorção da cavidade uterina e obstrução das trompas.

As técnicas utilizadas nos tratamentos de infertilidade superam a questão do transporte dos gâmetas, sendo assim fundamentais os aspectos que prejudicam a implantação. Desta forma o impacto dos fibromiomas na gravidez e o seu tratamento deve ser analisado dependendo se a gestação pode acontecer naturalmente ou exclusivamente com o auxílio de técnicas de Procriação Medicamente Assistida (PMA).

O número, o tamanho e a localização dos miomas vão interferir de forma diferenciada na resposta reprodutiva, assim é funcional compartimentar os fibromiomas com base na sua localização e se vão ser utilizadas ou não técnicas de PMA.

Actuação nos casos de infertilidade sem necessidade de terapêuticas de PMA


a) Fibromiomas subserosos – não há estudos que permitam analisar o efeito deste tipo de miomas e da sua remoção cirúrgica na gravidez espontânea.



b) Fibromiomas submucosos – os estudos científicos comprovam que este tipo de miomas tem um impacto desfavorável no sucesso da gravidez. Assim a miomectomia histeroscópica nalguns tipos de fibromiomas (tipos 0 e 1) melhora a taxa de gravidez e diminui a incidência de aborto espontâneo.



c) Fibromiomas intramurais – publicações científicas mais recentes têm demonstrado igualmente um efeito negativo deste tipo de miomas na gravidez natural, contudo ainda não está perfeitamente estabelecido a importância do número e das dimensões dos fibromiomas. Contudo alguns estudos parecem indicar que a remoção de miomas com mais de 5 cm melhora as taxas de gravidez.




Atuação nos casos de infertilidade com necessidade de terapêuticas de PMA
Na realidade não existe um número suficiente de estudos e trabalhos científicos de qualidade que possibilitem encontrar respostas para as principais perguntas relacionadas com este tema. Assim o impacto dos fibromiomas uterinos nas taxas de gravidez e a melhor conduta a ter na sua presença mantém-se um assunto pouco consensual dentro comunidade médica.

É importante salientar que a remoção cirúrgica de miomas uterinos deve ser muito bem ponderada, visto que pode resultar na formação de aderências pélvicas extensas e de danos à integridade da cavidade uterina, sendo por isso o principal procedimento com riscos para a integridade e viabilidade do útero.

Novos tratamentos dos fibromiomas no âmbito da Medicina de Reprodução
A Embolização das Artérias Uterinas é actualmente uma técnica não recomendada na terapêutica dos fibromiomas uterinos no âmbito da área da infertilidade, quer nas situações de gestação espontânea quer no contexto da PMA (estudos recentes demonstraram que a vascularização e a função do ovário podem vir a ficar afectadas, assim como pareceu haver mais complicações nas gravidezes subsequentes com este procedimento).

Em relação ao Acetato de Ulipristal (o mais recente medicamento utilizado nesta área terapêutica) ainda não existem estudos suficientes sobre a repercussão da sua utilização na reprodução humana, sendo ainda desconhecidos os efeitos que as perturbações no endométrio características do seu uso terão na implantação embrionária e nas taxas de gravidez.

In: https://mood.sapo.pt/infertilidade-e...as-uterinos/2/
Deixa de ser putanheiro e participa no fórum ,traz teus amigos (as).